Coalizão
brasil / afeganistão

O que é a Coalizão
Brasil / Afeganistão?

A Coalizão Brasil - Afeganistão é uma força tarefa iniciada em agosto de 2021, composta por várias organizações, movimentos e coletivos da sociedade civil brasileira e internacional, coordenadas pelo pastor José Prado, presidente do Abuna e membro da liderança global da Refugee Highway Partnership - RHP.

O objetivo da Coalizão é somar forças num movimento sinérgico, para socorrer famílias afegãs de forma integral, especialmente as minorias vulneráveis e perseguidas no Afeganistão, diante da crise humanitária atual.

Esta iniciativa também está conectada com outras organizações internacionais e redes globais, como a RHP - Refugee Highway Partnership, que buscam, nesse momento, respostas concretas e urgentes para o povo afegão.

WhatsApp Image 2021-08-20 at 12.41.25.jpeg

Instituições Parceiras

- Associação Cristã Abuna

- Portas Abertas Brasil
- Anajure - Associação Nacional de Juristas Evangélicos
- CAEBE - Centro de Apoio ao Estrangeiro no Brasil e Exterior
- Crossover Global
- Frontiers Brasil
- Fundo Baranabas Brasil
- Hikmah International Ministries

- Al Hayat Brasil
- Instituto sem Fronteiras
- Lar Levando Amor aos Refugiados
- Missão Cristã Mundial
- Prefeitura Municipal de Cascavel

Instituições Apoiadoras

- International Association of Women Judges
- Associação Nacional de Juízas
- Associação Nacional da Magistratura Trabalhista - ANAMATRA

- ANAJI - Associação Nacional de Juristas Islâmicos
- Comissão de Assuntos de Defesa e Estudos Estratégicos - OAB/MS

- Comissão de Direitos Humanos da 33 Subsecção da Ordem dos Advogados de São Paulo

- Ordem dos Advogados de São Paulo - 33 Subsecção

- Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da 21 Subsecção da Ordem dos Advogados de São Paulo

- Ordem dos Advogados do Brasil - Subsecção do Mato Grosso do Sul
- Gabinete da Senadora Soraya Thronicke/MS

- Gabinete do Senador Wellington Fagundes/MT
- Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica – ABMCJ
- Associação Internacional de Mulheres de Negócios – BPW/BRASIL
- Universidade de Campinas – UNICAMP
- Núcleo de Estudos Científicos sobre Vulnerabildades da Universidade Federal do Mato Grosso
- Associação Comunidade Cristã de São Carlos/SP
- Primeira Igreja Batista de Vinhedo
- Associação Cristã de Amparo Social de Ituberá
- Unidade Cristã Missionária
- Instituto Pluripovos
- Associação Ministério Árabe Cristão (MAC) – Brasília, DF
- Instituto Etnos Global
- Refugee Highway Partnership - Brasil

nossos objetivos

O trabalho da Coalizão Brasil - Afeganistão é intervir na crise humanitária instalada no Afeganistão, promovendo o resgate do maior número de pessoas que necessitam deixar o país. Até agora recebemos mais de 2000 pedidos de resgate, aos quais temos a intenção de atender pela ajuda para retirada de pessoas do Afeganistão com auxílio de nossas instituições parceiras e reassentamento em países de acolhimento. 

 

Havendo anuência do governo brasileiro, poderemos ampliar este número para poder atender a todos os pedidos que chegarem até nós. Por esta ser uma operação global, pretendemos acolher no Brasil aqueles que tenham familiares no país ou que não possam ser acolhidos em outras nações. Nosso grupo é formado, principalmente, por famílias cristãs, juízes, professores universitários e outras lideranças perseguidas pelo atual regime.

_119924392_deeper_afghanistan_family_getty.jpg

Os recursos para o socorro dessas famílias acolhidas destinam-se desde o transporte aéreo e terrestre, até à sua manutenção no local onde forem provisoriamente assentadas. Isto é, abrangem moradia (provisória ou definitiva), alimentação, estudo do idioma, capacitação profissional, apoio na busca de documentos e validação de diplomas de curso superior, além de apoio psicossocial e médico a ser realizado por equipe multiprofissional.

Contamos ainda com uma rede de organizações, além das instituições já citadas, comprometida com o apoio e o sustento material e emocional das famílias.

Alguns dos solicitantes de resgate possuem parentesco com afegãos residentes ou cidadãos do Brasil. Várias pessoas possuem passaporte, outras apenas documento de identidade. Algumas poucas crianças de tenra idade não possuem documento além do registro de nascimento.

Todo apoio é bem vindo!

O que temos feito

Nosso trabalho busca promover a assistência integral aos afegãos que se encontram em situação de risco de violência e crueldade praticadas contra si e/ou sua família. Toda a assistência que oferecemos é acompanhada por profissionais qualificados, adequando-se ao procedimento consular, sendo desenvolvida em etapas que contemplarão pequenos grupos de famílias de cada vez.


Em resumo, o trabalho é dividido nas seguintes etapas: 1. Apoio in loco; 2. Traslado; 3. Recepção e Acolhimento; 4. Assentamento. Temos também uma equipe de voluntários, os quais têm sido levantados mediante seleção e com supervisão de equipe técnica que realiza o apoio psicológico e análise de casos.

Inicialmente, a Coalizão Brasil/Afeganistão solicitou ao Presidente da República urgência na liberação de vistos humanitários, os quais são cruciais para o resgate das famílias afegãs que nos pediram socorro.

 

Dos mais de 2000 pedidos de resgate até então, obtivemos retorno/liberação de 33 pessoas, que, todavia, apesar de todo esforço da coalizão e do governo brasileiro, não conseguiram vir ao Brasil, por conta das barreiras levantadas pelo governo paquistanês.

 

Ainda aguardamos respostas, porém nosso senso de urgência está cada vez mais aflorado, visto que esta é uma corrida contra o tempo, e a vida não espera.

Reconhecimento
da nossa CAUSA

Durante as últimas semanas, temos nos preparado com locais e equipes especializadas para acolhimento, enquanto aguardamos as famílias afegãs. Contudo, apesar de todos os nossos esforços, até o momento, nenhum visto foi emitido. Devido à luta e aos esforços de nossas equipes, a Coalizão Brasil/Afeganistão tem chamado a atenção da sociedade, bem como de alguns veículos de comunicação importantes. Inclusive, nossa causa foi reconhecida e citada em diversas matérias, em jornais como a Folha de São Paulo e O Globo.

Para saber mais sobre essas citações, clique nas imagens abaixo.

participe. seja resposta!

Sentiu-se encorajado e desafiado a ser resposta às famílias afegãs?

Você pode contribuir não somente com suas orações, mas também com recursos financeiros, os quais são tão urgentes e necessários nesta operação.

Para doar através do PIX utilize a chave:

coalizao@abuna.org.br

Para outras formas de contribuição, contate-nos pelos canais abaixo: