Menina cristã de 13 anos, obrigada a casar-se e a o converter-se ao islã é libertada no Paquistão.



 

Recentemente, um tribunal Paquistanês ordenou a libertação de uma adolescente cristã de 13 anos sequestrada, convertida à força ao Islã e obrigada a casar-se com seu vizinho, um muçulmano de 44 anos. O crime aconteceu em 2020 e desde então os pais da garota travaram uma batalha legal em busca de sua custódia e anulação do casamento.


A menina, contudo, afirma não ter sido forçada a converter-se ao Islã, e seus pais comprometeram-se a não pressioná-la a mudar sua religião para o cristianismo novamente. Dessa forma, Arzoo poderá decidir sua própria religião e adotar suas próprias escolhas.


Arzoo Fátima foi transferida para um abrigo e, posteriormente, devolvida à sua família. Ainda, como forma de assegurar o bem-estar da adolescente, o tribunal de justiça ordenou que, a cada três meses, a família apresente Arzoo à polícia, bem como proibiu a menina de ter contato com o seu suposto marido, que já está sendo julgado.


Crimes como estes são extremamente comuns. Sequestros, casamentos e conversões forçados são uma trsite realidade para muitas pessoas. Nossa oração é para que a justiça continue sendo feita e que mais pessoas sejam resgatadas e cuidadas. Quanto à Arzoo, oremos para que o Espírito Santo a encontre em amor e cuide de suas dores e feridas. Sabemos que o plano de Jesus para a vida desta menina é maior do que podemos imaginar! Compartilhe esta história com sua rede de familiares e amigos para que mais pessoas possam se unir a nós em oração pela igreja perseguida!


0 views0 comments