REFUGIADOS AFEGÃOS NA ÍNDIA

Milhares de afegãos, todos os anos, abandonam sua terra natal, em busca do sonho de viver em paz. O maior motivo para que cada vez mais pessoas abandonem o Afeganistão é, sem dúvidas, a guerra envolvendo o governo e as forças talibãs, que assola a nação há muitos anos. Pais de família que sonham em ver seus filhos crescerem, se formarem e constituir belas famílias, sem dúvida veem no deslocamento para outro país a melhor solução para a sobrevivência.


Aliás, a Índia tem sido o destino de muitos ao longo de todos esses anos. Sem escolhas, eles partem para a maior democracia do mundo, para lutar por um futuro próspero. Ou, no mínimo a sobrevivência.

Todavia, a recepção nunca foi boa em terras indianas, pois os refugiados afegãos que lá chegam, infelizmente são segregados e sofrem preconceitos de forma extrema. Toda essa situação é agravada pelo fato de processos de acolhimento de refugiados e requerentes de asilo serem muito burocráticos, o que dificulta ainda mais a vida de quem chega, tornando excessivamente dificultosos muitos recursos básicos como: moradia, emprego e escola para os filhos.


Já não bastasse a situação delicada na qual os refugiados afegãos estão envolvidos desde que chegaram a Índia, a pandemia da Covid-19 os colocou em um estado de muito mais vulnerabilidade. A falta de empregos ficou ainda pior, bem como a alta estratosférica do custo de vida, tornando praticamente inviável a vida do imigrante ali. Tais circunstâncias acabam por obrigar muitos afegãos a querer voltar para seu país, mesmo correndo risco de vida, pois a guerra está longe de ter fim. O que é lamentável. Algumas fontes dentre os próprios refugiados afegãos da região de Nova Delhi afirmam que aproximadamente 800 famílias regressaram ao Afeganistão.


Ore por nossos irmãos refugiados, especialmente os afegãos que vivem na Índia. Que eles possam ser comtemplados com os direitos básicos e que possam viver em paz, para que consigam voltar a viver em paz.


#refugee#refugiados#afeganistão#guerra#afeghanistan#war#india


0 views0 comments