Tampão de Darién, uma das rotas migratorias mais perigosas, marcou o maior fluxo da história em 2021


Você conhece o Tampão de Darién? E “Inferno Verde”? Estes são os nomes dados a um território de selva na fronteira entre a Colômbia e o Panamá, um dos lugares mais perigosos do mundo para os migrantes. Por esta região, diariamente pessoas de diferentes nacionalidades arriscam suas vidas tentando chegar à América do Norte. Muitos morrem no caminho.


O percurso de selva fechada demanda de quatro a seis dias de difícil caminhada por trilhas entre cadeias de montanhas, rios com correntezas, animais predadores, o que normalmente causa diarreia, doenças respiratórias, desidratação e o terrível encontro com corpos de migrantes pelo caminho que não conseguiram passar pela selva.

Além disso, a floresta também é esconderijo para vários grupos criminosos, que atacam os migrantes, roubando, abusando sexualmente, extorquindo e até sequestrando para vendê-los às redes de tráfico humano.


A quantidade de migrantes que cruzaram o Inferno Verde no ano de 2021 é chocante: o maior fluxo migratório da história do Panamá, totalizando 126.675 pessoas. Ainda, estima-se que o número de crianças migrantes chega a 19.000, metade destas com menos de cinco anos. Houve 29 denúncias de abuso sexual registradas. Neste ano mais de 150 crianças chegaram ao Panamá sem os pais, muitas recém-nascidas. Ainda, segundo a OIM, ao longo de 2021, 42 pessoas morreram durante a travessia.


Dentre as nacionalidades que se arriscam nesta travessia, a haitiana e a cubana representam quase 80% dos números. Também vemos chilenos, brasileiros e venezuelanos nesta lista. Alguns países vizinhos e instituições têm oferecido ajuda com apoio psicossocial e serviços de saúde, além de água e kits de higiene. A OIM, porém, estima um valor de US$ 74,7 milhões para atender às necessidades dessas pessoas. Nos últimos dias, o UNICEF tem intensificado a resposta humanitária àqueles em trânsito no Panamá e na Colômbia.


Oremos por todos os migrantes que, por diversos motivos, enxergam este trajeto perigoso como única opção para alcançarem dignidade em outro país. Oremos por segurança e provisão às famílias que agora estão atravessando o Tampão de Darién. Que o Senhor os encontre. Junte-se a nós em oração.



 



0 views0 comments