Desapropriação de terras indígenas causa fome e onda de suicídios entre os Avá-Guaranis



 

Imagine ser expulso de sua terra e não ter mais um lugar para viver... O que você faria? É assim que o povo Avá-Guarani sobrevive, espalhado em pequenos assentamentos no Oeste do Paraná. Esta etnia indígena brasileira, desde a construção da Usina de Itaipu, sofre com a violência e a expulsão de suas terras originárias. Assim, para sobreviver, resistem em acampamentos precários às margens do lago que abastece a usina.


A realidade enfrentada pelos Avá-Guaranis nos acampamentos é crítica. Eles não têm acesso a água, locais para plantio, saneamento, atendimento médico, transporte e renda. Por não existirem escolas indígenas, as crianças precisam estudar nas cidades mais próximas, tendo de enfrentar, dessa forma, muita discriminação e preconceito. Seus pais não têm emprego para poderem comprar bolsas, uniformes ou sapatos.


O resultado disso é uma enorme taxa de suicídio entre o povo Avá-Guarani, principalmente entre os mais novos. De janeiro a junho de 2021, houveram 18 tentativas de suicídio e 11 óbitos, envolvendo, principalmente, jovens de até 20 anos, sem contar os casos de automutilação entre estudantes. “O que os jovens dizem é que, de repente, vem uma vontade de morrer. Com minha filha foi assim”, conta o cacique João, sobre sua filha de 23 anos.


Na tentativa de resolução deste problema, o MPF e o MPPR estão trabalhando para criar um canal de comunicação com a liderança e os jovens Avá-guaranis. Contudo, existe a angústia e a dúvida sobre a possível extinção dos acampamentos, pois as áreas reivindicadas pelo povo está sob controle da Usina. A esperança é de justiça.


Nossa oração é que o número de profissionais especializados em saúde mental entre os Ava-Guaranis aumente. Que suas necessidades básicas sejam supridas, que a fome não seja mais uma face da dor deste povo. Não podemos fingir não ver o povo Avá-Guarani. Podemos amá-los?! Será que a igreja brasileira pode/deve fazer algo? Será este um problema só do Estado? Se Jesus estivesse aqui, o que Ele faria?


#avaguarani#indigenas#fome#indios#etnia#etnic#indigenous#desapropriação#hungry#savetheindigenous

0 views0 comments